O Milagre atribuído a Carlos Acutis foi ocorrido aqui no Brasil.

O Milagre atribuído a Carlos Acutis foi ocorrido aqui no Brasil.

O milagre levado para o estudo do Vaticano teria ocorrido no Brasil, onde graças à intercessão do jovem venerável, um menino com uma rara doença congênita ficou curado após rezar diante de uma relíquia de Carlo Acutis.

O milagre atribuído a Carlos Acutis teria ocorrido em Campo Grande, Brasil, segundo afirma o vice postulador da causa de beatificação do jovem, o sacerdote Marcelo Tenório.

Segundo Padre Tenório afirmou o jornal Campo Grande News, a cura milagrosa, que foi levada ao Vaticano deu-se da seguinte maneira: “No dia 12 de outubro de 2010, na capela de Nossa Senhora Aparecida, de nossa Paróquia, no momento da Bênção com a Relíquia, aproximou-se um garoto, levado por seu avô e que sofria o drama do pâncreas anular, que trata-se de uma anomalia congênita rara. Essa enfermidade fazia com que a criança vomitasse todo tempo o que a deixava fraca e muito abatida, pois tudo o que comia, voltava, inclusive líquido. Já andava com uma toalhinha, porque era grave a sua situação. Cada vez mais fraco, debilitado, encontraria a morte certa”.

“Na fila para bênção, a criança pergunta ao avô, o que deveria pedir, e ele lhe diz: ” para parar de vomitar”, e assim aconteceu. Quando chegou a vez do enfermo, ele tocou na Relíquia do Carlo e disse com voz firme: ” Parar de Vomitar” e, a partir de então, não vomitou mais.

Relato da Mãe

“Até os 4 anos eu o carregava como um bebê no carrinho, então o Matheus é a prova viva da cura, não precisa falar mais nada. Eu lembro que no dia da cura, estávamos eu, Matheus e meu pai na fila. Meu pai pediu para pegá-lo no colo e eu expliquei o que era uma relíquia e que as pessoas beijavam e faziam um pedido. Eu expliquei que a relíquia era um pedacinho de Carlo Acutis, e que ele poderia pedir o que quisesse. Lembro que ele perguntou: ‘É sélio, mãe?’ Eu e meu pai já tínhamos combinado de pedir pela cura do Matheus, mas como ele estava no colo chegou na frente e soltou um: palar de vomitar”, lembra Luciana.

Todos se surpreenderam e, na mesma hora, Matheus pediu para descer do colo, pois se dizia curado.

Assim que a família saiu da igreja, Matheus quis voltar para casa andando, mas como ainda não tinha se alimentado, se sentiu cansado e foi carregado pelo avô até a casa, que fica na mesma rua da comunidade católica. Luciana lembra que assim que chegaram em casa, o menino pediu para se alimentar.

“Eu perguntei o que ele gostaria de comer e torci para não ser algo muito difícil de fazer naquele momento, e ele perguntou para o irmão a sua comida preferida, e o Ângelo disse que era arroz, feijão, bife e batata frita. Eu fiz e ele comeu rápido, três vezes e eu não tinha percebido o porquê, na euforia de vê-lo comer pela primeira vez, até que reparei que ele ainda não sabia mastigar e estava engolindo tudo. Tivemos que ensiná-lo a mastigar e o Ângelo o ajudou, foi bem difícil, porque teve de mostrar como se mastigava e o Ângelo é autista e não come de boca aberta, mas no fim deu tudo certo”, conta Luciana. –

Fontes: https://catedralviagens.com.br/aprovado-o-milagre-que-levara-a-beatificacao-de-carlo-acutis-o-ciberapostolo-da-eucaristia. https://g1.globo.com/mundo/noticia/2020/10/02/saiba-quem-e-o-jovem-carlo-acutis-conhecido-como-padroeiro-da-internet-que-sera-beatificado.ghtml https://www.campograndenews.com.br/lado-b/comportamento-23-08-2011-08/milagre-de-ms-aprovado-no-vaticano-matheus-hoje-tem-9-anos-e-muita-saude

Débora Gonçalves

Débora Gonçalves

Membro da Comunidade Católica Amor Fraterno

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *